O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Get this widget at roytanck.com
"A fantasia não é exatamente uma fuga da realidade. É um modo de a entender."
"Fantasy's hardly an escape from reality. It's a way of understanding it" (Lloyd Alexander)

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Warm Grey Winter - O Reino em destaque no Etsy

O Reino em destaque :)
*
Vê, Clica, Partilha e Favorita
View, Click, Share and Fave

Each click, fave & comment makes the treasury "hotter" so more people will see these items.
Let's click each item and them fav... so we all can get more clicks.

O meu Baralho Lenormand - LADY and GENTLEMAN

Gosto bastante deste par :)
O HOMEM encontrei-o no Pinterest.
Por falar nisso, já nos segues por lá?
*
Sabes o que está escondido atrás do HOMEM?
Eu sei!
Uma cidade ao pôr-do-sol e estrelas :)
*
Segue-nos!
Visita o perfil de Reino no Pinterest.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

O meu Dharma Workbook 2015 - Pormenores finais! Parte1

Tento sempre que, até ao final do mês de janeiro, o meu Dharma Workbook do ano anterior esteja completo.
É isso que tenho estado a fazer nos tempos livres (que não são muitos).
Espero conseguir terminar tudo muito em breve :)
Aqui está o video do meu Dharma Workbook 2015 antes de começar a ser preenchido.
E aqui ficam algumas fotos de como está agora:
 
 
Caso não te tenhas apercebido que adoro fazer colagens podes bisbilhotar o que há por AQUI... são imensas fotos de algumas das minhas colagens!
*
Onde podes comprar o teu Dharma Workbook para 2016? Procura aqui na nossa loja Etsy (vê as fotos no final deste post)!
Depois de pagares é-te enviado logo para o email. É só fazeres o download, imprimires e começares a preencher!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

2016 Create Your Shining Year in Life - COMPRA o TEU!

Este é o SÉTIMO ANO em que a Leonie publica este workbook!
Nunca é tarde para encomendar!
Recomendo!!
Para  mais informações e quem sabe até comprar, clica AQUI
*
Todos os anos falo deste livro.
O ano passado escrevi ISTO.
A versão de 2016 em eBook, para imprimires em casa custa apenas 9.25€!
Se preferires a versão impressa pagas 20.41€
(Eu compro sempre a versão eBook pois posso imprimir as vezes que quiser, principalmente se me enganar a escrever...)
*
 
2016 Shining Year LIFE Goals Workbook Flip Through from Leonie Dawson on Vimeo.
*
Para  mais informações e quem sabe até comprar, clica AQUI
*
 
2016 Create Your Shining Year Workbooks from Leonie Dawson on Vimeo.
*
Para  mais informações e quem sabe até comprar, clica AQUI

Jizou Bosatsu, as estátuas guardiãs das crianças

As estátuas de Jizō Bosatsu (Ojizō-sama) podem ser encontrados por todo o Japão, como jardins, parques, cemitérios, em cruzamentos e em pequenos altares em templos e santuários, onde são colocados oferendas de velas, brinquedos e flores. As estátuas são enfeitadas, muitas vezes com boinas, coletes, babetes e cachecóis vermelhos.
Mas o que essas estatuetas significam? Jizou é considerado uma das divindades budistas mais queridas no budismo, onde é referido como o guardião das crianças, inclusive, as abortadas, desencarnadas (chamadas de “Mizuko” ou filhos de água) e aquelas que ainda estão por nascer. Também é patrono das grávidas e das mulheres em trabalho de parto.
Conta a lenda de Sai no Kawara que os espíritos das crianças, por terem feito os seus pais sofrerem, devem construir torres de pedras retiradas do leito do rio. Por isso, pais que perderam os seus filhos costumam depositar aos pés das estátuas de Jizo, montes de pedras empilhadas, para ajudar os seus filhos em sua tarefa.
Outra lenda diz que todos os rios levam águas de prata. Assim, as mães que perderam os seus filhos, escrevem orações em pequenas tiras de papel e colocam-nas na água, para que sejam levadas até eles, Jizo irá responder às suas solicitações com um sorriso amigável. É por isso que é chamado de deus do sorriso, inimigo dos espíritos malignos e o único que pode confortar uma mãe cujo filho morreu. 
Ele também é considerado o protetor dos viajantes, tanto em viagens físicas como espirituais. Por isso é comum encontrarmos seis estátuas enfileiradas, umas ao lado das outras, nas beiras das estradas, nos cruzamentos, nos caminhos para as montanhas e nas entradas dos cemitérios, pois são guardiãs das crianças e viajantes.
É frequentemente representado como um monge errante, muito jovem ou mesmo criança. Tem a possibilidade de viajar através do reino do animai e dos infernos e ajudar os que lutam para se libertar do sofrimento. Também é o deus dos casos “perdidos” e é aclamado por acalmar tempestades.
Jizo representa a sabedoria da terra, manifestando-se no otimismo espiritual, compaixão e salvação universal. Apresenta-se em seis diferentes formas para aliviar o sofrimento dos vivos e dos mortos, cada uma associada a um dos Seis Reinos da Existência, chamados de Roku Jizō (Seis Jizo).
Essa é a razão porque as seis estátuas de Jizo estão sempre juntas. Cada uma carrega um instrumento diferente: o cajado, a pedra da cura, o rosário budista, incenso, flores ou tem as mãos unidas pelas palmas. Em outros casos, o Jizo carrega apenas um cajado com seis anéis, que simbolizam os seis estados do desejo.

Os Seis Reinos de existência:
Infernos
Fantasmas famintos
Animais
Demónios Belicosos
Os seres humanos
Seres celestiais
O Samsara no Budismo Tibetano pode ser descrito como o fluxo incessante de renascimentos através dos mundos - o ciclo de morte e renascimento é encarado como um fato natural.
É a perpétua repetição do nascimento e morte, desde o passado até o presente e o futuro, através dos seis ilusórios reinos: Inferno, dos Fantasmas Famintos, dos Animais, Demónios Belicosos, Ser humano, dos Deuses e da Bem-Aventurança. A menos que se adquira a perfeita sabedoria ou seja iluminado, não se poderá escapar desta roda da transmigração, ou Roda da Samsara. Aqueles que estão livres desta roda de transmigração são considerados lamas, iluminados (ou budas, em sânscrito).

O meu Jizo veio dos EUA. Foi comprado no dia 26 de janeiro e  foi-me entregue em mãos no dia 8 de fevereiro, no dia da Lua Nova conhecida por ter o poder de ajudar nos novos começos, no processo de cura, amor, auto-estima, ...
Depois de um ano professor arranjei companhia para enfrentar 2016.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Mais fotos de cogumelos * Shrooms photos

 
 
 
 
De volta à magia dos pequenos pormenores que a mãe natureza nos deixa ver... se estivermos atentos.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Donos ou escravos?

Curiosamente depois de interpretar a última Dharma Card que criei, consegui perceber melhor a penúltima.
Nesta, podemos ver o "oferecer" do corpo nú versus um corpo coberto por uma armadura.
O mostrar o nosso eu versus protegê-lo de modo a que nos tornamos irreconhecíveis.
Mostrar o nosso eu puro, selvagem, sem receios, sem medos versus mostrar algo que não reconheçamos ao espelho, mas que aparentemente nos dá uma sensação de proteção, intimidação, controle e por isso de conforto; que nos protege dos outros e até de nós mesmos.
Quem vos parece que tem mais medo nesta colagem?
O que oferece o peito ou o que se protege dos pés à cabeça?
Quem vos parece mais livre?
Quem vos parece mais ligado à natureza, à liberdade pessoal, à sua intuição?
Um à parte para os fãs da Guerra das Estrelas:
Sei que a sobrevivência de Anakin Skywalker (Darth Vader) só foi possível graças a esta armadura de suporte vital e que se lhe fosse retirada, lhe traria a morte em poucos minutos.
Sei que aos poucos aprendeu a viver nesse tipo de isolamento e anonimato e encontrou várias maneiras de enfrentar a sua nova condição. Que para superar as limitações que sua armadura impunha, Vader também teve que mudar o seu estilo de vida. Adicionalmente, para escapar à claustrofobia, chegou a construir diversas câmaras de meditação nas quais poderia retirar a máscara e a armadura e sobreviver. Sei que, tal como qualquer pessoa que opte por viver "armado até aos dentes" no fundo cobiça ser menos dependente das suas armaduras, e tenta mais tarde ou mais cedo sobreviver sem ela. 
Nem sempre é fácil.
Na verdade pode ser muito difícil, e é um ato ainda mais corajoso...
Mas a recompensa será proporcional.
Dá que pensar não dá?

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Dharma Cards e Tarot Raider Waite

O cansaço é muito.
Não descansei o suficiente no Natal. Não me abstraí o suficiente, não brinquei o suficiente, não me ri o suficiente.
Já disse aqui que 2015 foi um ano difícil. 
Muitas mudanças na família, muitas dores, cirurgias, sustos, desgostos, surpresas negativas, desilusões.
2015 foi um ano professor, um ano que me ensinou muito, que me tirou da minha zona de conforto.
Depois de criar este Dharma Card  consigo ver nele o meu cansaço, a pele que me foi arrancada - o sentimento de falta de proteção, as dificuldades e a insegurança que senti (quero acreditar que terei tréguas agora), o ter que, muitas vezes ficar apenas a olhar e a ver o desenrolar dos acontecimentos, sem dever e/ou poder atuar.
*
A carta Seis de Copas no Tarot
Foi com agrado que tirei esta carta para fevereiro! Apesar de na altura não saber o seu significado vi que era uma carta alegre e positiva

Sim continuo a tentar aprender Tarot.
 Adoro interpretar imagens e fotos... e colagens! :)

PALAVRAS-CHAVE
 Origem
 Diversões
 Pureza
Nostalgia

EXPRESSÕES-CHAVE
Acções ingénuas
Pessoa extrovertida e inocente
 Reconhecimento da criança dentro de si
Recordações compassivas
Diversão nos relacionamentos
Pessoa com boas intenções

SIGNIFICADO DA CARTA SEIS DE COPAS
A carta Seis de Copas sugere-lhe que está na altura da criança que existe dentro si se manifestar finalmente, liberte-se dos medos, olhe para o seu passado, para como as coisas eram, sem preocupaçõesmedosreceios, e uma enorme vontade de viver e experimentar tudo o que a vida tem para lhe oferecer.
inocência e ingenuidade que caracteriza a infância de todos nós poderá ajudá-lo a rejuvenescer o seu espírito criativo, ajudá-lo a divertir-se e simultaneamente sentir a nostalgia que tanto caracterizou os seus momentos de infância. Como carta “Presente”, sugere-lhe que deve divertir-se mais, reconheça a criança dentro de si, regresse um pouco às suas origens e use as suas recordações de infância em seu benefício afastando os seus medos e receios que o atormentam agora na maturidade.
Para carta lançada na posição Obstáculo adverte-o que se encontra neste momento demasiado agarrado ao seu passado, cuidado com a tendência para a desresponsabilização, o facto de se encontrar apegado às suas recordações passadas não o podem fazer perder avisão do presente, e do que realmente lhe interessa atualmente.
Como carta de Futuro, esta indica-lhe que irá receber benefícios que serão resultado da pureza de outras pessoas que o rodeiam.
Esta é uma carta que lhe relembra da dualidade do Universo, onde existe ódioviolência e malevolência também existe amorcarinho e benevolência.
No geral, o significado essencial desta carta indica-lhe que deve dar valor às suas experiências de vida, pois foram estas que o tornaram na pessoa que é hoje, algo que é completamente único e intransmissível, algo que é apenas seu e que poderá ser o seu refúgio emocional sempre que o desejar.
*
Será que esta carta foi só para mim ou haverá por aí mais alguém a quem se destine?

Blog Widget by LinkWithin